3º ciclo Secundário

Escola Secundária de Vergílio Ferreira
Quinta dos Inglesinhos, Rua do Seminário
1600-764 Lisboa
Tel: 21 712 20 20 / Fax: 21 715 46 82
esvf@aevf.pt

ES Vergilio Ferreira

Voluntariado

Ação de voluntariado do 11º4 na Quinta do Fundo em Tábua, para a replantação de mirtilos, após os incêndios de 15/10/17.

Pré-requisitos

 

CIRCULAR Nº 6

PRÉ REQUISITOS

Avisam-se os alunos do 12º ano que a inscrição para a realização da avaliação dos pré-requisitos decorre de 19 de fevereiro a 9 de março de 2018 (Para mais informação, ir a dges.gov.pt).

ESVF, Lisboa, 23 de fevereiro de 2018.

O Diretor
Anselmo Jorge

 


Hey!

hey2


Inscrições para Exames do Ensino Secundário 2018

 2ª e 3ª feira, dias 19 e 20 de fevereiro - os impressos podem ser adquiridos na secretaria.

4ª a 4ª feira, 21 a 28 de fevereiro - entrega dos boletins de inscrição na secretaria, segundo a seguinte calendarização:

  • 4ª, 5ª e 6ª feira - turmas de Ciências e Tecnologias
  • 2ª feira - turmas de Socioeconómicas
  • 3ª feira - turmas de Línguas e Humanidades
  • 4ª feira - turma de Artes Visuais

Já estão disponíveis para consulta no menu exames o guia de exames 2018 e o regulamento das provas .


Sessão Escolar do Parlamento dos Jovens

 

A Sessão Escolar do Parlamento dos Jovens do Ensino Secundário realizou-se no dia 25 de janeiro.
Nesta sessão foram escolhidos dois alunos que serão os deputados que representarão a Escola na Sessão Distrital que se realizará no dia 20 de fevereiro.

 

ParlJovem01 ParlJovem02 ParlJovem03

 

 


15.ª Edição do Prémio Fundação Ilídio Pinho “CIÊNCIA NA ESCOLA”

No âmbito da 15.ª Edição do Prémio Fundação Ilídio Pinho “CIÊNCIA NA ESCOLA”, decorreu no passado dia 17 de Janeiro de 2018 na Escola Secundária Eça de Queirós em Lisboa, a cerimónia de entrega do Prémio de desenvolvimento, aos projetos selecionados, com a presença do próprio Engº Ilídio Pinho.
Os projetos a concurso demonstraram as potencialidades da ciência e da tecnologia como oportunidades de resposta aos desafios do mundo atual, tendo em vista a criação de um mundo melhor para todos.
O Projeto FÁRMACO - ALIMENTOS dos alunos Mariana Gouveira, Mariana Gonçalves, Mariana Marques e Miguel César do 12º1 da Escola Secundária de Vergílio Ferreira foi selecionado para desenvolvimento, facto que registamos com muito apreço.
As fases que se seguem serão de muito trabalho, no estudo, desenvolvimento e concepção do produto final que deverá de estar concluído em 18 de Maio de 2018, sabendo-se então se farão parte da mostra final dos 100 melhores projetos nacionais.
Boa sorte, muito trabalho e muito empenho é o que desejamos a toda a equipa envolvida.

 

FIP FIP FIP

 


Orçamento participativo da Escola - 2018

 

Os estudantes do 3.º ciclo do ensino básico e do ensino secundário vão poder decidir quais as melhorias a introduzir nos seus estabelecimentos de ensino, de uma forma democrática, no âmbito do Orçamento Participativo das Escolas.

Consulte os documentos abaixo para saber mais:

 


Projetos

Projeto de Promoção e Educação para a Saúde

Pode consultar aqui as várias ações promovidas pela equipa deste Projeto

Jornal EREBAS

A Escola Secundária de Vergílio Ferreira faz parte da rede EREBAS (Escola de Referencia de Educação de Alunos Surdos) , a equipa de docentes responsável por esta área dinamiza um jornal escolar.

Projeto Ciências Experimentais no 1º ciclo

Pode consultar aqui as várias ações promovidas pela equipa deste Projeto

Clube de Matemática à solta

Objectivos

  • Ocupar de forma educativa os tempos livres dos alunos;
  • Tornar a Matemática mais atrativa;
  • Dar a conhecer a Matemática de uma forma lúdica;
  • Desenvolver o gosto pela Matemática;
  • Desenvolver hábitos de trabalho;
  • Desenvolver a capacidade de comunicação e de cooperação;
  • Exercitar e desenvolver o raciocínio e o pensamento científico;
  • Desenvolver a capacidade de resolver problemas;
  • Promover uma cultura de excelência, mas não de elitismo, através de atividades de resolução de problemas, desenvolvimento do raciocínio matemático e comunicação matemática relacionadas com as Olimpíadas de Matemática e com os Campeonatos Nacionais de Jogos de Matemática.

Actividades

  • Jogos diversos;
  • Passatempos;
  • Enigmas;
  • Quebra-cabeças;
  • Pequena Oficina;
  • Blogue do Clube "Matemática à Solta", existente desde 2009, da responsabilidade da professora dinamizadora do Clube, de divulgação das Actividades, Curiosidades matemáticas, promoção do Clube e dos Jogos e Campeonatos Matemáticos que a Escola se encontra envolvida, a nível local ou nacional.

Localização e funcionamento

O Clube de Matemática funciona na sala CRE2 da Escola Básica de Telheiras , anexa à Biblioteca Escolar, em 2 tempos de 45 minutos semanais:

  • 4ª feira - 12:35 - 13:20
  • 6ª feira - 11:50 - 12: 35.

As inscrições podem ser realizadas no próprio local, no horário do Clube.


Projeto justiça para todos

justicaTodos2

Nos dia 15 de dezembro 2017 e 10 de janeiro 2018 alunos das turmas 11º 1, 11º 2 e 11º 6 da Escola Secundária Vergílio Ferreira efetuaram a sessão final do Projeto Justiça para Todos no Campus da Justiça em Lisboa com a simulação de um julgamento de um caso de homicídio escolhido pelos alunos, presidido pela Exma. Sra. Juíza de Direito Anabela Rocha e na qual desempenharam os papéis de advogados, assistentes da acusação, procuradores, psiquiatra, arguidos e testemunhas, tendo podido compreender concretamente como se faz Justiça e em que consiste a Justiça no âmbito do Direito em Portugal.

justicaTodos1

Os alunos empenharam-se na preparação e realização deste projeto, importante em termos de Cidadania e Defesa dos Direitos Humanos, considerando que esta foi uma experiência enriquecedora para a sua aprendizagem e também divertida, diferente e inovadora como forma de aprendizagem prática deste Valor e Direito Humano fundamental que é a Justiça. A professora responsável e os alunos agradecem também a grande disponibilidade manifestada na fase de preparação do processo e todos os ensinamentos informais na sessão do julgamento prestados pela Exma. Sra. Juíza Anabela Rocha que nos deram uma visão mais próxima e informada sobre o modo de fazer justiça em Portugal.


Sementes para Tábua

As turmas do 10º8 e do 11º4 participaram no projeto Vamos dar Vida ao Verde, enviando sementes aos alunos do Agrupamento de Escolas de Tábua contribuido para a reflorestação dos solos.


Natal Saudável na ESVF

showcooking

No próximo dia 14 de dezembro, às 17:30 haverá um Showcooking organizado pela Câmara Municipal de Lisboa na Escola Secundária de Vergílio Ferreira.
Esta atividade está aberta a toda a comunidade escolar do Agrupamento.


Os respigadores e a respigadora na VF

E agora, que fazer dos restos? Vem discutir a questão do desperdício nas sociedades contemporâneas.

respigadores

 

 


Entrevista - JF Carnide

  1. Quem teve a ideia de uma mascote para a cidadania?
  2. Foi uma criança de Carnide que há muito tempo atrás teve a ideia e que me desenhou. Depois o sonho dela tornou-se realidade, a Junta concretizou e criou essa mascote. O Sou. 

  3. O que significam as cores escolhidas?
  4. Sou azul e verde porque são as cores do planeta terra. Porque eu gosto de cuidar do planeta terra. Ajudo os amigos a aprenderem a tratar bem do nosso planeta, a poupar a água, a não deitar o lixo para o chão, a ser um bom cidadão do nosso planeta. E também tenho esta cor verde porque representa a tranquilidade. Eu sou muito tranquilo e gosto de estar em tranquilidade, gosto de resolver os problemas de uma forma tranquila, a conversar.

  5. Que outros projectos têm para a juventude?
  6. Projectos há muitos. Tanto os nossos como aqueles que nos são propostos pelas nossas associações. Nós temos um movimento associativo muito forte. Existem muitas associações, desde associações ligadas à cultura, outras ao desporto, muitas a trabalhar especificamente com os jovens. Muito trabalho que é feito na Junta não é feito necessariamente pela Junta. Nós achamos que a Junta não tem de se substituir às instituições que já existem. Portanto, muitas vezes o nosso trabalho é apoiar o trabalho dos outros, para que os outros tenham condições ou o estímulo para desenvolver esse trabalho. Temos, felizmente, aqui na freguesia, associações muito dinâmicas. Podemos falar, por exemplo, a Associação Nacional de Futebol de Rua, é um projecto muito interessante para a juventude e que trabalha não só no bairro Padre Cruz como também, mais recentemente, na Horta Nova. Eles fazem um trabalho muito interessante com os jovens utilizando o desporto, como forma de captar e interessar os jovens. Por detrás disso vem muita coisa, vem o apoio ao estudo, à construção de uma carreira no futuro, a procura de emprego, uma série de coisas… Nós, como Junta, temos vários projectos nossos, sempre em colaboração com essas associações. Não acreditamos no trabalho isolado. Por exemplo, no ano passado desenvolvemos com eles dois projectos. Um com os jovens de Carnide, no sentido de perceber o que fazem e gostariam de fazer nos tempos livres. Isso interessa-nos, gostamos de saber o que os jovens pensam, porque nós podemos estar enganados. Não sou jovem há muito tempo, já tenho 44 anos.

  7. E o outro projecto de que falou?
  8. O outro projecto tem a ver com o envolvimento da juventude no movimento associativo. Como digo, em Carnide existem muitas associações que, se calhar, vocês não conhecem e que já desenvolvem trabalho em áreas que vos dizem respeito. Em primeiro lugar, explicamos em que consiste o movimento associativo, como é que os jovens podem fazer a diferença. Os jovens não têm de estar à espera que as coisas sejam resolvidas, podem envolver-se e fazer parte da mudança. E o movimento associativo é uma das formas mais ricas de o fazer. Porque estão a fazer algo de que gostam também, porque há coisas para todos os gostos. Há associações para a cultura, para o teatro, para o desporto, o desporto radical, e podem fazer a diferença com as associações existentes. Ou então, podem eles próprios criar uma associação. Imaginem que vocês têm um gosto muito especial por uma actividade e não existe, em Carnide ou no país, uma associação dedicada a isso. Agora vou brincar um bocadinho. Imaginem que adoram aquários e peixes e vêm que não existe na vossa zona uma associação para a aquariofilia, para o gosto pelos peixes. Daí que a nossa ideia seja ir às escola, explicar o que é o movimento associativo, dizer quais as associações que existem e qual é a forma de serem vocês próprios a criarem uma associação se for essa a vossa orientação.

Edição da entrevista:
João Meireles
Kevin Fonseca